Pinktips Cinema: curta-metragem Entremarés

Entremarés é um documentário roteirizado e dirigido por Anna Andrade, que traz os relatos de três irmãs que sobrevivem da atividade de pesca na Ilha de Deus. Ele hoje está disponível online em dois endereços: na plataforma  looke, dentro do catálogo da APAN – Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro, diponível no link: https://www.looke.com.br/filmes/entremares  e no site porta curtas, onde ele concorre na categoria documentário ao Grande Prêmio de Cinema Brasileiro, evento organizado pela Academia Brasileira de Cinema. No site do porta curtas é possível assistir e votar para que ele ganhe a premiação. Acesse o link: http://portacurtas.org.br/filme/?name=entremares 

O filme Entremarés aborda a condição de vida de pessoas que em Pernambuco sobrevivem da pesca artesanal. A partir disso podemos pensar as relações de trabalho no capitalismo brasileiro. A dita modernidade da economia industrial se depara com ofícios tradicionais que mantém várias gerações de famílias do litoral pernambucano. Essas relações apresentam a tensão entre o tradicional e o moderno da ordem social do nosso estado.

Vamos trazer nas Pinktips Cinema algumas produções de mulheres pernambucanas, ação que busca evidenciar a presença feminina no audiovisual local.

Anna Andrade é Produtora Cultural e Realizadora Audiovisual, bacharel em produção cultural com especialização em gestão de projetos. É fundadora da Tarrafa Produtora, atua na produção e produção executiva de curtas e longa-metragens, tradução e legendagem, distribuição de curtas, elaboração de projetos, produção de atividades de formação ligadas a cinema e educação. Integra a diretoria colegiada da ABD/Apeci – Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas / Associação Pernambucana de Cineastas. Distribui curtas como Bolha (Mateus Alves), Auto Falo (Caio Dornelas), Enraizada (Tiago Delácio), Nimbus (Marcos Buccini), além de seu primeiro filme, o documentário Entremarés. É produtora de articulação do Fincar – Festival Internacional de Cinema de Realizadoras, produtora e curadora da Semana do Audiovisual Negro. Assina direção de produção e/ou produção executiva de outras obras audiovisuais como “Sonhos” (curta-metragem – Chico Lacerda), “Açúcar” (desenvolvimento de longa-metragem – Joelton Ivson), “Finitude” (curta-metragem – Renata Cláus), e está em fase de pré-produção de seu próximo documentário, “Chapéu de Fogo”. 

Marca quem você conhece e bom filme!

#multiHlab #pinktipscinema #midialab #audiovisual #mulheresdoaudiovisual #realizadoras #cinema #recife #UFPE #cienciashumanas #cienciassociais #documentario #filmes