Criação da imersão visual

Os desafios estavam até agora organizados apenas na forma de textos escritos em docs do Drive. A ideia do game surgiu da necessidade de engajarmos os alunos nas atividades remotas durante o isolamento social e isso não ia acontecer apenas com a criação de um universo escrito. Precisamos pensar em uma maneira de postar os desafios no Google Sala de Aula de uma forma que os imergissem na atmosfera do jogo.

É fato que já havíamos disponibilizado algumas imagens de suspense e o tema padrão da narrativa do Retorno de Cân nas redes, trazendo um visual tecnológico de bits, visual sinistro e escuro.Nossa narrativa está ambientada no mundo digital que está em crise com a fragmentação de Kommunonía, Gema da Comunicação, tendo seu roubo quebrado as conexões e espalhado um vírus tecnológico que assola o Universo. Então, utilizamos os elementos desse padrão para mantermos a coerência e uma maior imersão. Assim, foram desenvolvidos templates para os desafios trazendo uma aparência de telas digitais dos anos 1980, com fundo escuro e fonte tipo “DOS”. 

 

 

Assim, foram criados arquivos em PDF que seriam anexados na Atividade do Google Sala de Aula. Cada desafio tem um título, um texto de instrução para este campo no sistema que convida o guerreiro de Cân a ler o desafio no PDF. O arquivo completo tem uma sequência: 

 

  1. Identificação do desafio com título
  2. Texto de contextualização na narrativa do jogo
  3. Desafio: conteúdo a ser desenvolvido pelo aluno
  4. Formato: definição de como deverá ser entregue, se em texto escrito, vídeo, áudio, apresentação, maquete.
  5. Prazo: data de entrega.

 

Cada desafio traz em sua contextualização uma parte da história, que começa a ser contada também a partir de imagens. Em nosso primeiro desafio de matemática para os 1º anos, por exemplo, é solicitada a reprodução em maquete do acampamento de Morgon, gerando a seguinte imagem de imersão: 

O resultado final da definição do padrão visual para os desafios você vê no link da pasta do drive em que apresentamos os arquivos PDF do Desafio 1 de cada série:

 https://drive.google.com/drive/folders/1_K570LNOArN-SoHfZ-0roX0J6AccluNt?usp=sharing

Durante todo o processo de adaptação dos desafios e do padrão visual, sentimos a necessidade também de desenvolver mais profundamente as características dos vilões do game, personagens-chave de cada fase do jogo. Até então os vilões, nomeados Espectros e pensados como seres inumanos, só possuíam um insight visual inicial, construído para a produção das imagens de suspense. São figuras encapuzadas, sem faces definidas, constituídas de códigos digitais por serem as fontes do vírus tecnológico que assola o Espaço Sideral após provocarem a fragmentação de Kommunonía. Mas se as Guarnições de Cân irão lutar contra os Espectros, precisamos conhecer mais sobre esses vilões. Cabeça fervilhando de ideias, tudo acontecendo na mesma semana, entre desenvolvimento da narrativa da Fase 1, adaptação dos enunciados dos desafios, definição de padrão visual e agora construir a personalidade, o visual, as forças e as fraquezas de nossos vilões. Enfim, um “arquivo confidencial” completo. Vamos nessa!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>