Fotografia com smartphone

No post de hoje, fizemos uma curadoria inspirada em algumas dicas da internet sobre como tirar fotos com o smartphone. Para quem está de quarentena em casa, são dicas excelentes para explorar possibilidades e novas perspectivas dos espaços e dos objetos de onde você vive, sua criatividade e o seu olhar utilizando a câmera do seu smartphone.

Para testar e explorar suas habilidades com fotografia, se aventure a exercitar os três processos que envolvem produção midiática: pré-produção, produção e pós-produção.

Na pré -produção, primeira etapa do processo, decida o tema das sessões de fotos que você irá fazer, assim como os objetos, lugares, ângulos e a luz que você irá utilizar. Reúna tudo que for necessário para tirar as fotos: celular em mãos, lanternas, velas ou outras fontes de luz artificial (lembrando que explorar a luz natural é a base para qualquer fotografia), tripés ou suportes para o celular,  objetos ou modelos ( se o tema for paisagem, escolha basicamente o local da casa e os ângulos) que irá fotografar e tudo que fará a composição do cenário do seu objeto, modelo ou paisagem/ambiente.

Na produção, organize tudo que você reuniu na etapa anterior, monte seu cenário, posicione a câmera, luzes, posicione seu objeto ou dirija quem modelará para você e coloque em prática os ângulos que pensou, fazendo quantos cliques achar necessário, modificando ou não seu cenário/modelo/objeto/ângulos/luz. No caso de fotos de espaços ou paisagens, explore os elementos presentes e a luz que incide. 

Com os cliques feitos, explore e desenvolva sua criatividade na pós-produção: edição das suas imagens, os retoques finais. As configurações básicas dos smartphones vem geralmente com ferramentas para editar, assim como existe uma gama de aplicativos gratuitos para edição. Vá baixando o que achar interessante e faça testes. A Adobe, marca de referência em softwares de edição, disponibiliza o Photoshop e o LightRoom em versões gratuitas para Android. O interessante da etapa de edição é que ela pode revelar mais sobre o seu clique, deixar a informação mais consistente, mais artística e ou mais conceitual. É possível aperfeiçoar o que se tem ou adicionar elementos completamente novos. Sinta-se livre para explorar. 

Dicas para cliques incríveis: 

  • Sempre mantenha a lente do seu celular limpa

Isso é primordial. Os celulares são objetos portáteis, sempre estão em uso, na mão, no nosso bolso ou na bolsa, indo para lá e pra cá, então normalmente a lente fica suja com gordura e várias outras coisas, o que deixa a lente embaçada, dificultando o foco e a nitidez da imagem, diminuindo a qualidade do que será gerado com os cliques. É importante sempre limpar a câmera antes de fazer as fotos. Existem soluções em spray no mercado super acessíveis que limpam telas de celular, laptops e tablets. Tecidos de algodão e flanela ajudam muito também a retirar excesso de gordura da superfície da lente e da tela do seu celular. Na fotografia profissional, limpar lentes e o corpo da câmera são hábitos de rotina também.  

  • Configurar o smartphone para a melhor resolução 

Acesse nas configurações do seu celular a opção de ajustar a qualidade das fotos e vídeos. Escolha sempre que possível a maior qualidade nos ajustes, o que permitirá melhor resolução para visualização em telas maiores, como computador e tablet. Quanto maior for a resolução, mais qualidade terá a foto e poderá ser postada em qualquer mídia social, acessada em qualquer aparelho e haverá um maior aproveitamento das informações presentes no seu clique.

  • Explore a capacidade do seu smartphone

Explore as possibilidades da câmera do seu celular, teste e conheça o que o seu smartphone é capaz de fazer. Explore o modo manual, onde você pode configurar luz, velocidade do obturador, ISO, entrada de luz. Explore efeitos, balanços de branco e tudo que você descobrir e defina as melhores configurações dentro da sua ideia inicial,  antes do clique.

  • Segure o smartphone com as duas mãos

Essa é uma dica para evitar efeitos tremidos e perda do enquadramento no último segundo antes do clique. Segurando o celular com as duas mãos, você confere mais firmeza para manter o enquadramento firme e confortável para as composições que você irá criar.  

  • Explore quantos ângulos você puder. 

Saia do básico. Suba em uma cadeira, use diferentes posições do tripé, use a câmera de cabeça para baixo, coloque luzes em lugares diferentes, troque a posição do seu objeto/modelo, explore vários horários da luz natural sob a sua paisagem/espaço/objeto, misture elementos e sempre foque em um tema de cada vez, para que você possa direcionar a sua criatividade seguindo um raciocínio e todas as possibilidades que existem nele.   

  • Procure conhecer bem o que você quer fotografar

Seja um objeto, um espaço, um tema, uma pessoa. Quando se conhece bem o que vamos fotografar, fica mais fácil criar sobre isso e realizar bons cliques. Quando se trata de espaços, fica mais fácil identificar o incomum e ressignificar.  

 

  • Explore reflexos 

Aproveite as poças de água da chuva ou a superfície de um copo. Aproveite espelhos, eles podem fazer composições interessantes dentro do quadro. Superfícies translúcidas são sempre conceituais e artísticas, tais como vidro, acrílico, água, etc. 

  • Brinque com o desfoque:

Imagens desfocadas podem passar mensagens bem interessantes, até aquela foto que você “errou”, que saiu diferente do que você tinha previsto pode conter muita arte. Fotos espontâneas trazem verdade e personalidade. Brinque com o desfoque da sua câmera e construa algo diferente com um mix de luzes que você tiver em casa. Vale até  a lanterna de outros celulares com papel celofane por cima.  

  • Explore a simetria e as linhas do lugar

Alinhamento de objetos, corredores, portões, fachadas… Contam histórias, podem trazer sentidos interessantes ao enquadramento. Aproveite o máximo das linhas que existem na sua casa, da sua janela, do seu jardim, da escada em espiral, basculhantes, vitrais e aproveite cada ângulo!

 

Lembrando que a composição da fotografia se dá através do que se quer mostrar dentro de um quadro. Existem padrões para o posicionamento dos objetos e como enquadrá-los da maneira mais interessante para bons resultados.

Divirta-se! 

#multiHlab #minhalab #fundaj #fotografia #smartphone #cienciashumanas #cienciassociais 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>