O multiHlab – Laboratório Multiusuários em Humanidades – realiza atividades de pesquisa, ensino e extensão para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de práticas pedagógicas e conteúdos didáticos multimodais voltados à formação de professores e à formação de redes de conhecimento entre pós-graduação, graduação e educação básica.

Tem como foco o estado de Pernambuco, trabalhando para que as comunidades científica e escolar tenham maior acesso a práticas e materiais didáticos produzidos a partir de uma melhor compreensão das potencialidades das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação. Como equipamento dos mestrados da Fundação Joaquim Nabuco, busca romper as barreiras entre a prática científica e o cotidiano escolar.

Os projetos assumem a concepção epistemológica e metodológica da Pesquisa Participante proposta por Paulo Freire (2005) e Orlando Fals Borda (1972) tendo como propósito fundamental a emancipação das pessoas ou das comunidades que a realizam. Entrelaça atores-autores em um processo de pesquisa e formação de modo a promover os usos sociais dos conhecimentos.

A epistemologia da Pesquisa Participante está preocupada em: 

I. Auxiliar a comunidade participante a identificar seus problemas; 

II. Realizar análise crítica; 

III. Buscar as soluções adequadas. 

Por isso, realizamos Projetos Coletivos em Humanidades na perspectiva de gerar novos conhecimentos e outras soluções para o ensino de Humanidades com vistas a uma educação humanista e libertadora.

 

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo